São Philippe Benicio (†1285)

São Philippe Benicio era descendente de nobre família de Florença. A mãe senhora muito piedosa, foi revelado em sonho a futura santidade do filho.
(...)
Aceito na Ordem dos servitas como irmão leigo, deu a todos o exemplo de religioso perfeito, que com virtude principal, cultivava a humildade. Ocultando cuidadosamente a nobre origem, a cultura intelectual, não teve em mira outra coisa senão imitar Jesus Cristo na humildade e no espírito de penitência.
Os trabalhos humildes era o que mais procurava. Por mais pesado e fatigante q o trabalho fosse, Philippe se entregava com toda dedicação tendo como exemplo diante dos olhos Nosso Senhor, São José, dos maiores Santos do Antigo e Novo Testamento, pois todos eram trabalhadores.
Se tornou sacerdote. Philippe conhecia bem e praticava melhor a arte de ficar unido a Deus, quando as mãos estavam ocupadas em árduo labor.
Em Viterbo estavam reunidos em Conclave os Cardeais da Igreja. Vendo-se em grande dificuldade para eleger um Papa, depois de muitos escrutinios, deram os votos a Philippe. Este, tendo noticia da eleição, fugiu para as montanhas desertas de Thuniati, onde permaneceu em seguro esconderijo até que soube que os cardeais tinham desistido do seu nome e eleito outro Papa.
Trabalho nenhum começava sem que invocasse primeiro o auxílio de Deus.
Longos anos tinha dedicado a vida missionária, tão cheia de trabalhos, sacrifícios e responsabilidades.
Perto de morrer, doente caiu em êxtase, perdendo o uso dos sentidos de tal forma, que todos pensaram estar morto. Nesse estado permaneceu durante três horas. Foi então que um dos confrades lhe falou alto ao ouvido, o que o fez voltar a si. Parecia então como que acordasse de um sono profundo e contou que, durante todo o tempo do arrebatamento, teve uma luta horrível com o demônio que, lançando-lhe os pecados, procurava por todos os meios leva-lo a desesperar da misericórdia divina. No auge da tentação, apareceu no meio a Santíssima Virgem, a cuja aparição do espírito infernal o deixou.
Pediu que lhe dessem seu livro (assim chamava a imagem do Crucificado). Estreitou-a fortemente contra o peito e entoou o canto de Zacarias. Mais um olhar cheio de fé dirigiu ao Senhor Crucificado e alma dissipou-se-lhe, em demanda dos páramos celestiais.
A biographia de S. Philippe Benício esta repleta de milagres, que Deus se dignou de fazer por intermédio de seu santo servo.

Philippe Benicio foi canonizado por Clemente X.


Data: 04/03/2011

Este artigo foi útil?
Sim Não

Siga o Twitter do site
Envie por email, adicione aos favoitos, imprima e compartilhe com outras redes sociais:
-->

Faça comentários:


  Sobre o site | Mapa do site | Ajude o site | Contato | 2011 - Site Católico e Apostólico Romano. Criado em 2005