A ligação entre Fátima e Mediugorie

Existe uma grande ligação entre Fátima e Medjugorje. Em 1917, a vidente de Fátima Jacina Marto tivera uma visão de um padre vestido de branco que chorava e sofria. Nesta época a pequena Jacinta relatou esta visão aos seus dois companheiros Lúcia e Francisco. Irmã Lúcia narra duas visões que Jacinta teve do Papa. Estas visões são muito parecidas com a visão descrita no texto publicado agora. Eis o relato da 3ª Memória: «Não sei como foi! Eu vi o Santo Padre numa casa muito grande, de joelhos diante de uma mesa, com as mão na cara a chorar. Fora de casa estava muita gente, e uns atiravam-lhe pedras, outros rogavam-lhe pragas, e diziam-lhe muitas palavras feias.» E mais adiante Lucia narra outra visão de Jacinta: «Não vês tanta estrada, tantos caminhos e campos cheios de gente, a chorar com fome, e não têm nada para comer?! E o Santo Padre numa igreja, diante do Imaculado Coração de Maria, a rezar?! E tanta gente a rezar com ele?! Passados alguns dias perguntou-me: Posso dizer que vi o Santo Padre e toda aquela gente? - Não. Não vês que isso faz parte do segredo?! Que por aí logo se descobria?! - Está bem; então não digo nada.»

No dia 13 de maio de 1981, na praça de São Pedro em Roma, o Papa João Paulo II sofreu um atentado no meio da multidão que o deixaria debilitado até o fim dos seus dias. Lembramos que esta data coincide com o aniversário da primeira aparição de Nossa Senhora em Fátima.

Em 1991, no dia 13 de maio, o Papa João Paulo II foi a Portugal agradecer a Nossa Senhora pela sua proteção e confiou ao Coração Imaculado de Maria toda a nossa geração do século XX ao século XXI.

Um pouco mais de três meses, Nossa Senhora em Medjugorje fala fala aos videntes a seguinte mensagem: "Também hoje vos convido a oração, agora mais que nunca, quando os meus planos começam a se realizar. Satanás é forte e deseja bloquear os projetos da paz e da alegria e fazer-vos pensar que Meu Filho não seja forte nas suas decisões. Por isso, queridos filhos, Vos convido a rezarem e a jejuarem agora mais fortemente. Vos convido a renúncia durante nove dias, a fim que com a vossa ajuda seja realizado tudo aquilo que quero realizar através dos segredos que Eu iniciei em Fátima. Vos convido, queridos filhos, a compreenderem a importância da Minha vinda e da seriedade da situação. Desejo salvar todas as almas e apresentá-las a Deus. Por isso, rezemos a fim que tudo que comecei seja realizado completamente. (25/08/1991)".

Portanto, podemos ver claramente a grande ligação entre Fátima e Medjugorje. Maria nos lembra explicitamente os seus planos de salvação. Nossa Senhora não faz distinção de fé, de raça, de nacionalidade nem de condições sociais. Ela deseja salvar a todos e revela que se trata de um projeto já iniciado em Fátima. Nossa Senhora com Seu Filho Jesus não veio anunciar destruição e morte, mas salvação e vida e deseja que esta alegre condição seja destinada a todos os homens. Mas é necessário as provas, o empenho, a oração e o jejum. Ao mesmo tempo nos lembra que com a nossa livre e espontânea adesão, tudo poderá se realizar completamente.

Em Fátima, três meses antes das aparições de Nossa Senhora em Medjugorje iniciarem, o papa João Paulo II havia dito: "O terceiro milênio será como o início da nova Jerusalém Celeste que no fim se concluirá na história da humanidade um novo céu e uma nova terra".

Em Fátima Nossa Senhora profetizou dizendo: "Por fim o Meu Imaculado Coração triunfará". E em Medjugorje Nossa Senhora torna a dizer: "Queridos filhos, rezem para que o Meu Coração Imaculado triunfe neste mundo de pecado".

(trechos retirados do livro Parola di Maria - Piccolo dizionario dei messagi di Medjugorje - Luciano Moia - Edizione Segno - 1996)


Data: 27/10/2013

Este artigo foi útil?
Sim Não

Siga o Twitter do site
Envie por email, adicione aos favoitos, imprima e compartilhe com outras redes sociais:
-->

Faça comentários:


  Sobre o site | Mapa do site | Ajude o site | Contato | 2011 - Site Católico e Apostólico Romano. Criado em 2005