Esoterismo no filme Avatar

O Panteísmo do filme Avatar

 

O filme Avatar é cercado de Panteísmo do começo ao fim, verifiquemos as teorias de que os Navi (habitantes nativos do planeta ambiente do filme) dão de integração da natureza com os seres vivos.

O panteísmo afirma que tudo é Deus, o homem e a natureza constituem um único ser divino. Não há mais distinção pessoal entre eu e você, porque nossas almas fariam parte de um mesmo ser divino após a morte.

No filme tal divindade que une a todos é chamado de energia, na cena em que é enterrado um Navi, é dito que a energia é apenas emprestada.

Então se todo ser faz parte dessa natureza, todo ser deveria proteger a natureza ao extremo. O homem seria um ser vivo no mesmo nível dos outros seres, e não mais um ser criado a imagem e semelhança de Deus em dignidade, porque segundo o panteísmo, e é mostrado em Avatar, todos fazem parte da energia divina.

Um Deus pessoal e único a quem adoramos e oramos não há mais porque todo nível espiritual e material é unido a uma divindade comum, no filme é chamado de Eywa (personificado em uma árvore para fins didáticos). A tal Eywa nem possui personalidade própria, não interfere a favor dos Navi porque segundo os Navi ela apenas mantém o equilíbrio da natureza. Dizer que o homem é “igual a Deus” é uma mentira contada desde o jardim de Eden.

A salvação para os Navis é descobrir a intima ligação com toda a natureza, dispensando a obra redentora de Jesus Cristo.

Preparação para o anticristo

A palavra “avatar” vem do indiano antigo, chamado sânscrito, e no hinduísmo significa “o Deus que desceu do Céu para a Terra”: seria a “aparição” ou “manifestação” ou “encarnação” de um deus na Terra. No filme, inocentemente avatar é um personagem que os humanos usam para se relacionar com os Navis, mas que dará a entender depois de que é um enviado da energia divina para estabelecer a paz para o planeta dos Navis.

O movimento Nova Era (New Age) que congrega em identificação a maioria das religiões não cristãs, espera a vinda de um avatar (eles sempre usaram esse nome), ou iluminado, que restabelecerá a paz e harmonia mundial que já era para ter vindo, já que estaríamos na era de aquário há vários anos. Segundo eles o ultimo avatar que veio foi Jesus Cristo. Mas Jesus já disse que ninguém vai ao Pai senão por Ele. O paganismo ecológico é uma das bandeiras da Nova era.

A verdadeira religião, de Jesus Cristo, já profetizou:
“Porque primeiro deve vir a apostasia, e deve manifestar-se o homem da iniqüidade, o filho da perdição, o adversário, aquele que se levanta contra tudo o que é divino e sagrado, a ponto de tomar lugar no templo de Deus, e apresentar-se como se fosse Deus.” (2Tes 2,3-4)

Determinismo

No Panteísmo, assim como em Avatar, a religião é otimista e determinista, tudo se dará pelo equilíbrio (lembrando Eywa), não há lugar para a caridade nem para a comiseração. Por isso o paganismo panteísta da Antiguidade (Budismo e etc) não criou hospitais, não se importou com os órfãos, nem com os fracos ou miseráveis. Foi na Idade Média Católica é que foi criado todas estas instituições.

 

Angelo Farias
Sinaisdostempos.org

 

Mais:

http://fimdostempos.net/bento-xvi-panteismo-neopagao.html

http://www.montfort.org.br/index.php?secao=veritas&subsecao=igreja&artigo=panteismo_e_gnose&lang=bra



Este artigo foi útil?
Sim Não

Envie por email, adicione aos favoitos e compartilhe com outras redes sociais, com esse serviço seguro e conhecido:
Faça comentários:
  Sobre o site | Mapa do site | Ajude o site | Contato | 2011 - Site Católico e Apostólico Romano. Criado em 2005