Mas a Igreja também peca, no passado, os padres hoje...

A Igreja com seus filhos está inserida no mundo no qual está o pecado, mas não é por isso que estamos obrigados a pecar. A Igreja tem como missão salvar as pessoas do pecado, mesmo que os seus filhos continuem possuindo a natureza humana pecadora. É contradição mundana ao afirmar que a Igreja possuindo erros do passado, condená-la inteira. Veja por exemplo os Exércitos (a instituição militar) de cada país mataram milhões de pessoas no passado e nem por isso hoje ficam condenando por esses motivos quem for entrar ou fazer parte do Exército.

Ora julgar que somente os filhos (incluindo membros) da Igreja possui pecado é uma contradição, porque todos somos pecadores, e Jesus diz: " Porque do mesmo modo que julgardes, sereis também vós julgados e, com a medida com que tiverdes medido, também vós sereis medidos." (Mt 7,2) Então não cabe a nós julgar quem pecou mais ou menos.

O que diferencia as pessoas que trabalham para a Igreja das pessoas pecadoras, é porque elas reconheceram o que é pecado, que são pecadoras, e estão dispostas a não mais pecar, passam então a lutar contra o pecado. Este processo passa pela Cruz, eis então a diferença, eis a Missão principal de Cristo de nos libertar do pecado com Sacrifício da Cruz, e assim quem quiser seguir a Cristo carregará a sua cruz, no qual receberá a recompensa eterna. Cristo fundou uma Igreja depositária da Verdade, com membros também pecadores, veja o exemplo de Pedro que foi o primeiro a negar Jesus, mas o que faz a Igreja se erguer sempre é força do alto, o Espírito Santo que dá amparo e vigor nas suas batalhas que são muitas. Concluindo, o pecado está no mundo até que Jesus venha em glória em que vai restaurar todas as coisas em Deus, o que temos que fazer é a justiça, a justiça de reconhecer que cometemos pecado também.

E fazendo um adendo sobre a Idade Média e inquisição. A Idade Média herdou da antiguidade no qual as pessoas sempre foram mais rudes e violentas veja o nome barbárie que vem dos povos bárbaros. Então as pessoas usavam a pena de morte na Idade Média como uma simples forma de fazer justiça e o tribunal da Igreja entrou para acalmar tais práticas. A Igreja ainda não tinha purificado a cultura humana.



Este artigo foi útil?
Sim Não

Envie por email, adicione aos favoitos e compartilhe com outras redes sociais, com esse serviço seguro e conhecido:
Faça comentários:
  Sobre o site | Mapa do site | Ajude o site | Contato | 2011 - Site Católico e Apostólico Romano. Criado em 2005