Como vota um cristão?

Sabe-se que um cristão não vota em partidos ou candidatos sem compromisso com a vida, vida que desde a concepção deve ser protegida, as consequências do aborto que é um assassinato de um ser indefeso, causa à Igreja Católica um dano que vai além do pecado em si, libera muitos demônios do inferno que ajudam mais ainda na decadência de uma sociedade. Esta última afirmativa é revelação de Gloria Polo.

Levando em consideração os valores cristãos da sociedade que se encontram ameaçados por grupos que usam como motivo aparente de estar protegendo seus direitos, como exemplo acabar com a festa do dia dos pais apeaas porque há crianças filhas de pais homossexuais, se for por isso faz um dia ou utiliza o mesmo dia para homenagear um deles, mas desvalorizar a família porque algumas são diferentes não é saída.

Critérios básicos que poderíamos levar em conta na escolha:

I - Qual candidato votar - Seu histórico se acha em uma simples pesquisa com o nome do candidato e a palavra que deseja procurar, no google: "nomecandidato aborto" sem aspas.

II - A composição do partido tem pessoas que defendem o aborto? Essa questão é decisiva quando se está elegendo o prefeito, governador e presidente porque eles irão nomear pessoas do partido e da coligação para diversos cargos e assim promover suas ideias.

III - O estatuto do partido é contra ou a favor da vida e dos valores cristãos? Vereadores e parlamentares são obrigados a votarem de acordo com o estatuto, mas se a pessoa for realmente cristã não terá medo de desobedecer.

E os valores sociais pricipais como educação, saúde e segurança? É tema que também interessa aos cristãos, qualquer político e sua equipe deve ter ou têm um mínimo de competência para cuidar dessas áreas, não tem como fazer milagres e assim qualquer político estaria quase igualado nesses quesitos. Damos educação às pessoas, mas se a sociedade cresce livre de valores cristãos seus cidadãos serão infelizes por terem tudo, mas faltar o principal. A dignidade maior é pela vida, preservar os inocentes. Tem que ter cuidado com partidos, não adianta achar que fulano por ser de "partido do povo" fará melhor na educação e saúde. Adicionando que, expulsando Deus da sociedade, a sociedade estará desprotegida dos ataques do inferno que com fúria promove crimes bárbaros que vemos hoje.



Este artigo foi útil?
Sim Não

Envie por email, adicione aos favoitos e compartilhe com outras redes sociais, com esse serviço seguro e conhecido:
Faça comentários:
  Sobre o site | Mapa do site | Ajude o site | Contato | 2011 - Site Católico e Apostólico Romano. Criado em 2005