Descomplicando o Fim dos tempos

Nesta parte explicamos de forma resumida e ilustrativa o Fim dos Tempos, seja qual for sua opinião ou conhecimento sobre ele.

Separamos em vários níveis de entendimento para facilitar: Clique nas perguntas.



1 - Dúvidas gerais:


Deus está nos avisando sobre o fim dos tempos? É para nossa geração?

PARA QUEM: 5 - Todos

Para evitar profecias sensacionalistas, o site leva em consideração apenas três profecias, primeiro o de Vassula Ryden, no qual algumas profecias dão a entender que ela ainda estará viva quando acontecer pontos chaves. O segundo é Mediugorie que possui dez segredos a serem revelados ainda com os videntes em vida, mas não se sabe se tais segredos se referem ao ultimas coisas para acontecer. O terceiro é Garabandal que não é reconhecido pela Igreja, o acontecimento do Aviso (no qual as pessoas verão dentro de si os pecados que cometeram) e o Milagre que se segue acontecerão com os videntes em vida.

Sempre houve profecias falando sobre o fim, mas não ocorreram?

É necessário distinguir entre as verdadeiras e as falsas profecias:

As propfecias fverdadeiras do passado falavam do que viria e sinais. Enquanto as falsas profecias do passado diziam que no ano 1000 ou algum ano específico aconteceria o fim do mundo, erravam porque estavam sozinhas, nada as confirmava, não havia um movimento profético ao redor do mundo anunciando o fim dos tempos.

As profecias verdadeiras de hoje falam que é próximo o tempo de tudo se cumprir e muitos sinais coerentes com a Bíblia acontecendo alguns faltam acontecer e não marcam data. As falsas profecias atuais ou usam datas específicas, ou não têm coerência com a Bíblia.

Compare profecias do passado (La Salette, Santos da Igreja) com as atuais de Vassula Ryden, Pedro Regis (Anguera), Mediugorie, Fátima, Padre Gobbi e muitas outras. Falam do presente que nossa geração viverá.


Topo - índice

2 - Pessoas com pouco entendimento sobre o assunto, os que não tem fé cristã:


Como vou saber que a solução para eu passar bem pelas tribulações dessa época é oração, Maria, e os sacramentos da Igreja Católica?

PARA QUEM: 1 - Não cristãos, 2 - Acreditam na bíblia

1 – Apenas as profecias católicas previram com tanto acerto e detalhes sobre o que ia acontecer no futuro da humanidade veja que começa com:

- Nossa Senhora em Fátima, muitas profecias se cumpriram e outras se referem a tempos que irão se cumprir.
- Aparições em La Salette que revela não apenas a crise da Igreja, mas muitos acontecimentos a serem realizados e que ocorreram.
- Aparições em Mediugórie sobre os segredos que irão ser revelados e serão realizados. É um centro de peregrinação de milhões de pessoas.
- Santos da Igreja previram os tempos de hoje de afastamento do Senhor e o que se passará na Igreja como Santa Ângela, São Nilo, São Padre Pio, São Malaquias, São Bosco, Santa Faustina e outros.

2 – Aparições de hoje em dia. Hoje em dia muitas aparições e revelações têm sido dadas a católicos, com milagres e sinais e muitas conversões. Quase não há relatos de pessoas de outra religiões de revelações que falem mal da Igreja Católica.

3 – Não confundir com previsões de astrólogos, espíritas e maias, que podem ter influência de seres malignos que ao saberem as profecias de Deus, usam as profecias sobre tribulações falando que virá uma nova terra sem precisar do arrependimento e oração, além de não assumir a segunda vinda de Cristo, e não possuem frutos.

varios caminhos

Porque irá acontecer conforme a Igreja Católica pensa sobre quem é justo ou não ou que é pecado?

PARA QUEM: Não católicos

Porque as Aparições de Maria e profecias em geral são católicas feitas por católicos. Não é ninguém profetizando porque alguém da Igreja incentivou, a Igreja Católica dificilmente reconhece profecias em pouco tempo, nem tem interesses nela. As grandes revelações estão mesmo na Igreja Católica, porque Deus escolheu uma Igreja para que não sejamos confundidos.

Mais informações sobre a lógica das manifestações: www.sinaisdostempos.org/sinais


Topo - índice

3 - Pessoas que acreditam na Bíblia e católicos não praticantes:


Há período de tempo determinado que antecede a Vinda de Cristo ou Fim dos tempos?

PARA QUEM: Cristãos em geral.

Sim, em Mateus 24,3 os discípulos perguntam a Jesus: "o sinal da tua vinda" e "do fim desta época".

E Jesus, explicando, fala dos sinais e completa: "Tudo isso será o princípio das dores" (v. 8), ou seja, haverá dores que terão começo, meio e fim.

Depois fala de algo específico na Igreja, a abominação no lugar santo, algo impuro que estará na Igreja e será um escândalo para Deus.

E completa a extensão mundial do apocalipse: "Pois naquele tempo haverá grande tribulação, tal como não houve desde o princípio do mundo até agora, nem tornará a haver jamais." (v. 21)

E especifíca mais ainda o fim das dores: "Logo após a tribulaçãodaqueles dias, o sol escurecerá, a lua não dará sua claridade..."(v.29) E algo mais ainda específico: "aparecerá no céu o sinal do filho do homem" (v. 30).


Topo - índice

4 - Católicos praticantes:


Muitos pensam que devemos fazer um longo processo de conversão na pessoa antes de apresentar as profecias e mensagens.

PARA QUEM: Católicos praticantes.

As profecias e mensagens se inserem na mensagem cristã, porque fazem parte da mensagem de esperança e temor que desperta o evangelho. Também para que creiam uma vez que foi profetizado, assim como Jesus fez profecias sobre si mesmo e disse:

"E disse-vos agora estas coisas, antes que aconteçam, para que creiais quando acontecerem."
(João 14,29)

A pessoa que esta sendo evangelizada, seja qual for a instituição ou carisma que está evangelizando hoje deve proclamar o fim dos tempos com esperança porque muitos irão precisar, e temor porque os que riem passarão a ter seriedade e considerarão à proposta de Deus com mais cuidado e menos desprezo.

Nós fugimos do pecado não apenas para herdar o Céu, mas também a Nova Terra.

Mais sobre: Porque divulgar.

Tenho que esperar aprovação ou pronunciamento da Igreja para acreditar nas profecias de aparições recentes?

PARA QUEM: Católicos praticantes.

Sabemos que a Igreja só se pronuncia depois de cessado as aparições ou proclamar um envolvido como Santo. Mas vivemos uma situação diferente no fim dos tempos, não se dará tempo para aprová-las justamente porque as aparições falam sobre o fim dos tempos e é guia nesse tempo.

A Igreja Católica dá a seguinte autorização:

Depois de terem sido abrogados os cânones 1399 e 2319 do C.D.C. graças a intervenção do Papa Paulo VI em AAS 58 (1966) 1186, os escritos referentes a novas aparições, manifestações e milagres etc, podem ser espalhados e lidos pelos fiéis, mesmo sem licença expressa (imprimatur) da autoridade eclesiástica, contanto que se observe a moral cristã.

Ou seja, podem ser espalhadas as mensagens, mesmo que ainda não foram julgadas oficialmente como sobrenaturais. Não se atencipamos ao juízo da Igreja e a ele se submetemos.

Não esperemos que o fim dos tempos só aconteça somente quando o Papa aprovar, porque isso não faz sentido. Seria considerar que atravessaríamos o calvario da Igreja sem ter cometido nenhum erro de omissão.

Mais informações sobre revelações privadas: www.sinaisdostempos.org/revelacoes

Sou católico praticante e já tenho serviço na Igreja, porque precisaria divulgar o fim do tempos já que só Deus sabe a hora?

PARA QUEM: Católicos praticantes.

Só Deus sabe a hora da vinda, mas há na Bíblia muitos sinais que mostram a chegada do período do fim dos tempos: Mateus 24, Lucas 21, 2Timoteo 3 e 4, Joel 3, Apocalipse 3. Ver a pergunta: Há período de tempo determinado que antecede a Vinda de Cristo ou Fim dos tempos?

Precisa divulgar para que:

Para que os cristãos e não cristãos tenham a visão correta da perseguição da Igreja no contexto atual, devido ao aumento da perseguição a Igreja, dando a conhecer que é sinal de que está próximo da vinda (Lc18,8*), os que não são fiéis saberão que este é apenas um tempo de provação e perseguição, e que depois se sucederá o triunfo definitivo de Deus, e não um tempo de derrota definitiva da Igreja, fazendo eles se afastarem mais ainda da Igreja.

Para que tenham a consciência de que todas as catástrofes que acontecem e virão é porque o ser humano atraiu a cólera divina pecando, e não porque o planeta terra está se auto destruindo, porque se fosse assim ninguém mais teria esperança, então é dever nosso de cristãos da a verdadeira esperança a eles.

Para que muitos não sejam enganados pelas profecias não cristãs da Nova Era, que sabem que virá o fim dos tempos, mas que seria apenas uma transição sem passar pelo julgamento final e arrependimento das falsas doutrinas.

Muitos vão querer se perder aproveitando e acreditando ser estes os últimos dias da humanidade, devido a conceitos ateus de fim dos tempos ou fim do mundo, aproveitarão apenas o prazer material porque acharão ser o fim deste, não sabendo que esta é a causa da maior ruína, dando a eles a certeza das profecias que acontecem, eles passariam a acreditar e temer a Deus.

*Lucas 18,7-8:

“Por acaso não fará Deus justiça aos seus escolhidos, que estão clamando por ele dia e noite? Porventura tardará em socorrê-los? Digo-vos que em breve lhes fará justiça. Mas, quando vier o Filho do Homem, acaso achará fé sobre a terra?”

Mais informações sobre porque divulgar: www.sinaisdostempos.org/divulgar

Não temos que saber quando é o fim dos tempos porque a conversão é diária?

Com certeza a conversão é diária, mas sabendo da urgência do fim dos tempos passamos a vigiar mais como diz os evangelhos, passamos a saber da urgência da conversão do próximo e apressamos a evangelização. Porque qualquer um sabe que poderíamos dar mais de si se soubesse mais da urgência.

Em Mediugórie, Maria diz que apressemos a nossa conversão. Os sinais são para que as pessoas acordem do sono e saiam da acomodação porque são grande maioria os que dormem.


Topo - índice

5 - Tribulações e catástrofes:


Porque as tribulações cairiam sobre nós? Quais as causas das tribulações?

PARA QUEM: 5 - Todos

Em Fátima, Nossa Senhora alertou: "A guerra vai acabar, mas se não deixarem de ofender a Deus, no reinado de Pio XI começará outra pior." A primeira guerra que Ela menciona terminou, e o mundo continuou pecando e depois começou a Segunda Guerra, esta terminou e a humanidade continuou a se afastar de Deus e perseguir as Igrejas Cristãs, então você pergunta:

terceira guerra

Porque Deus vai dessa vez fazer a colheita final pela tribulação final, separando os justos dos injustos e dando o jeito de vez nisso:

A tribulação sobre o mundo ajudará a purificar a humanidade para que se separe 'os justos dos injustos (passar mouse no link acima): "A colheita é o fim do mundo. Os ceifadores são os anjos assim como se recolhe o joio para jogá-lo no fogo, assim será no fim do mundo." (Mt 13, 39s).

De Nossa Senhora de La Salette (reconhecida pela Igreja) tem um trecho: "Então Jesus Cristo, por um ato de sua justiça e da sua grande misericórdia para com os justos, ordenará a seus anjos que todos os seus inimigos sejam mortos."

Quais as causas das tribulações?

PARA QUEM: 1- Não cristãos ou pouco acredita, 2 - Acreditam na bíblia, 3 -  Católicos não praticantes

Muitas são enumeradas:

- Apostasia: a perda geral da fé por meio da indiferença a Deus e seus milagres.

- Ofensa a Deus em vários lugares do mundo inteiro, dentro e fora da Igreja.

- As purificações dos justos e injustos.

- O esfriamento da caridade do homem hoje, leva a ter famílias cada vez mais sem paz. Ex. Crise da Família, início da crise social. O que leva a mais pais separados, e mais crianças e jovens longe dos pais.

- Jovens indiferentes a vida e buscando a auto-satisfação e pecados carnais. Ex. É só ir no google e digitar: jovens de hoje violentos. 

Porque as tribulações são catástrofes?

PARA QUEM: 5 - Todos

Deus utiliza as grandes tribulações coletivas (além das individuais) como terremotos, tsunamis, fomes e doenças para purificação e ter um ganho maior de almas veja porque:

As catástrofes naturais mexem profundamente com o homem e os valores que ele dificilmente quer largar, assim se ele é materialista e individualista hoje, nas catástrofes vai poder ser feliz com pequenas coisas e passar a ajudar o próximo, valorizar a vida e menos as coisas materiais.

Em Jerusalém caiu a torre em alguns galileus, mas não eram tão pecadores quanto os outros:

"Ou cuidais que aqueles dezoito homens, sobre os quais caiu a torre de Siloé e os matou, foram mais culpados do que todos os demais habitantes de Jerusalém?
Não, digo-vos. Mas se não vos arrependerdes, perecereis todos do mesmo modo."
(Lucas 13,1-5)


Topo - índice

6 - Terremotos:


Sempre ocorreram grandes terremotos na história?

Muitos realmente dizem: “sempre ocorreram grandes terremotos”. Sabemos que a maioria deles ocorreram entre os anos 50 e 60 (conforme USGS), maioria foi em áreas isoladas e nunca mataram tanta gente como em anos recentes, algumas médias de magnitudes anuais tem aumentado ao longo do tempo, o intervalo entre um e outro, diminuindo. Veja maiores informações com ilustração de estatísticas de aumento de terremotos.

Veja uma formação sobre aumento de mortes por terremotos, que mostra algo realmente incomum.

Terremotos são culpa de Deus ou dos homens?

Do ponto de vista material é culpa apenas da natureza. Parar apenas na natureza, seria adesão a um mundo em que Deus é apenas alguém distante, que tem início e fim na natureza e essa governando toda a história do homem na criação. Ou pior, equilíbrio das energias como dizem o pessoal do movimento pagão nova era.

Mas como há toda uma história de Deus para salvar os homens, com citações bíblicas fazendo menção de terremotos do antigo ao novo testamento, não podemos ficar indiferente à Bíblia. Profecias servem para causar impressão mesmo, porque é ruim o que vem.

O que o homem faz para atrair de desgraça para si por meio de suas más ações, requer purificação grande, não é questão de Deus punir, mas educar para que o homem não se torne pior.

http://earthquake.usgs.gov/earthquakes/eqarchives/year/graphs.php

Topo - índice

Envie por email, adicione aos favoitos e compartilhe com outras redes sociais, com esse serviço seguro e conhecido:
  Sobre o site | Mapa do site | Ajude o site | Contato | 2011 - Site Católico e Apostólico Romano. Criado em 2005