Prisioneiro do Amor - mensagem de Jesus a Vassula

EU SOU O PRISIONEIRO DO AMOR
HONRA OS MEUS SANTOS SACRAMENTOS

29.9.1989

 


Aleluia! O Senhor inclina-Se para me ouvir
Todas as vezes que O chamo.
O meu olhar está fixo em Vós, meu Senhor,
penso em Vós incessantemente,
Vós sois o meu Alimento,
o meu Pão e o meu Vinho,
não tenho necessidade de outro,
neste mundo hostil.
A minha alma tem sede de Vós,
Por Vós, os meus lábios estão ressequidos,
Vós sois o meu Deus que me procurou
e me formou, apesar da minha miséria.
Permiti-me que habite no Vosso Sagrado Coração.
Amém.

- Não te rejeitarei nunca. Todas as vezes que vens receber-Me, o Meu Sagrado Coração estremece de alegria. Fiz-Me mais Pequeno que nunca, na Pequena Hóstia Branca! Tomando-Me, aceitas-Me; e, aceitando-Me deste modo, tu reconheces a Verdade. Eu e tu somos Um Só Todo, nesse momento; tu estás em Comunhão Comigo. Que maior Delícia poderá haver do que estares Comigo, teu Deus? Que Encontro mais puro e santo? Eu, teu Deus, encontrando-te a ti, Minha criatura; Eu, teu Redentor e tu, aquela que Eu Mesmo remi. Eu, Jesus, amo-te loucamente. Como poderão ainda alguns de vós, duvidar do Meu Amor e ultrajar este Amor Puro e Santo? Como poderão muitos de vós, duvidar da Minha Santa Presença na Hóstia? A Minha Santa Eucaristia não deveria ser desperdiçada ou maltratada, como se não fosse Santa. Se compreendêsseis plenamente Aquilo que Eu vos ofereço e Quem recebeis em vós, bendir-Me-íeis continuamente. Olhai! Até os Meus Anjos, que vos olham do Alto, desejam este Alimento que vós podeis tomar; mas eles não o podem. Contudo, muitos de vós parecem não perceber a Sua Plenitude... Eu sou o Prisioneiro do Amor, por detrás de cada Sacrário, que aguarda e espera ver-vos chegar. Aproximai-vos, todos vós que ainda errais nesse deserto; vinde a Mim, puros e sem mancha. Permiti-Me que Me alegre em vós. E, assim, sereis mais gratos ao Meu Coração, com o vosso arrependimento, reconhecendo os vossos pecados. Não digais: "Por quê confessar-me? Não tenho nada a dizer ao meu confessor". Não sejais, também vós, um dos que perderam o sentido do pecado; estais muito longe de ser perfeitos. Alguns de vós comportam-se ainda como se fossem sem mancha e tivessem atingido já a perfeição. Sede humildes, sede humildes. Poderíeis discernir facilmente os vossos pecados, se rezásseis com sinceridade de coração e se Me pedísseis Auxílio para os discernir. Bemaventurados sejam todos aqueles que obedecem à Minha Lei, que seguem os Meus Preceitos e que honram os Meus Santos Sacramentos. Abençoados sejam todos aqueles que vêm a Mim, cheios de fé, para Me Comer e Me Beber. Eu sou Santo. Tratai-Me, pois, com Santidade, para que, nesse momento, mais Santo que nunca, Eu derrame em vós as Minhas Graças, que acabarão por reanimar a vossa alma. Eu não escondo nunca as Minhas Riquezas; concedo-As gratuitamente, até mesmo ao último de vós. Vinde, que Eu desejo ardentemente estar convosco. Por conseguinte, não vos apresseis e não sejais impacientes, no recitar as vossas orações; não zombeis da Piedade; refleti e meditai nas Minhas Ordens. Mesmo que vós não Me vejais, Eu digo-vos que a Minha Mão está sobre cada um de vós e abençôo-vos, deixando em todos vós o Meu Suspiro. Sede um.

Data: 02/03/2011

Este artigo foi útil?
Sim Não

Siga o Twitter do site
Envie por email, adicione aos favoitos, imprima e compartilhe com outras redes sociais:
-->

Faça comentários:


  Sobre o site | Mapa do site | Ajude o site | Contato | 2011 - Site Católico e Apostólico Romano. Criado em 2005