Porque divulgar o fim dos tempos?

Ajude a divulgar o site e também as profecias, por meio de emails, orkut, fóruns da internet, blogs, msn e outros possíveis, o porquê de divulgar não falta. Imprima panfletos para divulgar o site.

 

Porque Divulgar ?

A grande importância de divulgar profecias e mensagens, sobre o fim dos tempos (não é fim do mundo) e vinda do Senhor não pode mais ser omitida veja por que:

1. Animar e aumentar a fé dos que têm pouca fé:

a) Esperança e promessa aos que perseverarem, do Novos Céus e Nova Terra (Ap 21).

b) Coragem aos perseguidos - devido ao aumento da perseguição aos que são fiéis, estes saberão que este é um tempo de provação e perseguição e que depois se sucederá o triunfo definitivo de Deus.

2. Evangelização, esperança, correção e temor dos incrédulos:

a) Muitos vão querer se perder aproveitando e acreditando ser estes os últimos dias da humanidade, adquiridos por falsos conceitos e conceitos não cristãos de fim dos tempos ou fim do mundo. Aproveitando da situação, estes buscarão logo o prazer material porque acharão ser o fim deles, não sabendo que esta é a causa da maior ruína. Ex: Um exemplo recente é o cenário apocalíptico de Nova Orleans por onde passou o furacão, alguns aproveitaram da situação para cometer crimes ao invés de pedir perdão a Deus pelos pecados do mundo que causou isso.

b) Para que tenham a consciência de que o todas catástrofes que vêm e virão é porque o ser humano atraiu a cólera divina pecando, precisa de citação bíblica?

c) Ao nos colocarmos no futuro quando ocorrerem as grandes tribulações muitos estarão angustiados sem saber o que fazer, é ai que entra a esperança no mundo novo que há de vir restaurado por Jesus na vinda Gloriosa de Jesus manifestado pelos diversos sinais, no qual eles têm sido profetizados.

d) Sinais profetizados por Maria e Jesus, não só de milagres, mas também de acontecimentos mundiais (catástrofes), que servem para saber da situação que aproxima, e assim vermos que é a obra de Deus tentando restaurar o homem*, mas se ficarmos cegos ao ignorar as profecias e mensagens que falam dos acontecimentos, muitos vão ignorar os acontecimentos como causas naturais, e não de uma tentativa de correção de Deus. Resumindo: Na omissão estaremos deixando essas pessoas na ignorância.

*Deus sempre quis ao longo do evangelho profetizar para quando acontecer, alguém acreditar que ele previu: João 13,19 e João 14,29

e) Não sejam enganados por falsas profecias de otimismo da Nova Era e falsos profetas que virão dizendo: "tratam com negligência as feridas do meu povo, e exclamam: Tudo vai bem! Tudo vai bem!, quando tudo vai mal ." Jr 6,14
Eis o que dizem os falsos profetas e os que tem as opiniões mais de acordo com este mundo: "Oráculo do Senhor: tudo irá bem para vós! e aos que seguem, obstinadamente, as tendências do coração dizem ainda: Nada de mal vos acontecerá." Jr 23,14 Ler também Isaías 30,10: "E dizem aos videntes: Não vejais, e aos profetas: Não nos anuncieis a verdade, dizei-nos coisas agradáveis, profetizai-nos fantasias."

f) As mensagens que têm sido dada atualmente, ajudam a evangelizar sem precisar do evangelizador, em lugares que não chegam ou é insuficiente o catequista ou evangelizador, o autor do site é testemunho disso. São caminhos para a santidade (Eucaristia, Confissão etc.), levam apenas a única Igreja: a Católica.

3. Apelos de Misericórdia:

Apelos que vão para todos, para que todos:

a) Saibam a grande dimensão da misericórdia de Deus que tem dado através dos tempos desde o Antigo Testamento, no qual para povos foi profetizados e mesmo assim perseguidos os profetas.

b) Saibam da grande ofensa a Deus e a situação de Jesus e Maria que é mostrado nas mensagens, se conscientizem a rezar devido a gravidade dos pecados.

4. Alerta aos que são cristãos, mas não praticantes:

a) Para que os católicos ou cristãos não praticantes saibam de que não poderá mais ser meio-católico ou meio-cristão nem ficar na indecisão, para que assim os que se definem fiéis sejam provados e mereçam a promessa de Deus para nós que se aguarda a milênios.

b) Para que todos saibam dos perigos que se aproximam e passem dar mais atenção a luta entre a Igreja e o "Mundo" entre o Bem e o Mal e não culpando tudo como uma luta entra a natureza e os homens (algo ocasional), no qual esta é a visão dos incrédulos.

5. Precedendo Jesus como antes:

Se as pessoas tivessem ouvido São João Batista teriam acolhido Jesus Cristo, se nós hoje tivessemos escutado tantos profetas anunciando o castigo, esperança e a vinda de Cristo, teria sido outra história. Jesus denunciou o quanto o povo de sua época matava profetas.

----------------------------

Irmão Davi Lópes, recebeu de Nossa Senhora em Medjugorje, a seguinte mensagem para os padres: "Eles tem a responsabilidade de avisar os fiéis a respeito destes acontecimentos. Dar-lhes força e dizer-lhes que não temam. Têm obrigação de passar adiante esta mensagem, sem hesitar, já que foi revelada a muitos santos, e não devem perder mais tempo, fazendo de conta que a desconhecem. Devem dedicar-se a ensinar as pessoas a se converterem e rezarem ao Espírito Santo . Devem igualmente ensiná-las a não se preocuparem com os bens materiais, dinheiro, poder, trabalho, etc., porque não vale a pena.

Do mesmo modo, devem pregar sobre a preparação à morte. É importante pregar sobre as realidades finais: morte, julgamento, Céu e inferno. Preguem expressamente sobre a necessidade de ter consciência do pecado , especialmente do pecado mortal e suas fatais conseqüências. Deus prefere a conversão por amor, mas se isto não for possível, que seja pelo temor do castigo. De qualquer maneira, Ele aceita a conversão, seja da forma que for, e acolherá, pois deseja a salvação. Por amor ou por temor, a única coisa que importa é entregar-se a Ele. Os padres devem guiar os fiéis. Em especial pelo exemplo de suas vidas de absoluta dedicação a Cristo.





Siga o Twitter do site
Envie por email, adicione aos favoitos, imprima e compartilhe com outras redes sociais:
-->

Faça comentários:


  Sobre o site | Mapa do site | Ajude o site | Contato | 2011 - Site Católico e Apostólico Romano. Criado em 2005