Porque o aborto é pecado

De acordo com a doutrina Católica, Pecado é:

“O pecado é uma falta contra a razão, a verdade, a consciência reta; é uma falta ao amor verdadeiro para com Deus e para com o próximo, por causa de um apego perverso a certos bens.”

Vou tentar explicar:

É contra a Razão porque: – quando pecamos não usamos a razão, mas um instinto cego e assim se rebaixamos a animais, exemplo: instinto de agressividade, sexual, de matar.

Contra a Verdade : Não somos nós mesmos e nem agimos de acordo com a realidade, tanto que ao ocorrer o remorso após o pecado, o remorso é sufocado por tentativas de justificar-se ou o cometimento de um maior pecado ou vontade de continuar a pecar. Exemplo: Ao agredir verbalmente alguém, aparecendo a culpa, esta é sufocada por repetições faladas ou não dos motivos que a levaram a pecar. Ou quando ocorre um vazio após ter usado o próprio corpo para relações descomprometedoras fora do casamento, fugindo do verdadeiro e sólido amor que está embasada na união selada por Deus e não selada por sentimentos passageiros.

Contra a consciência reta : Se a pessoa esta dominada por instintos de prazer imediato, ela tanta desviar a consciência ou já se encontra desviada para justificar o ato a cometer. Exemplo: No sexo antes do casamento ou na masturbação, a pessoa fantasia uma outra realidade(de que possui alguém) rompendo assim com a verdade e contra a consciência real do mundo em que vive. Assim ao ver o choque com a realidade, em triste ânimo a pessoa fica e perde a graça santificante.

O pecado é ofensa a Deus: "Pequei contra ti, contra ti somente; pratiquei o que é mau aos teus olhos" (Sl 51,6). O pecado ergue-se contra o amor de Deus por nós e desvia dele os nossos corações.

Quando pecamos buscamos ser donos de nós mesmos “como deuses” desobedecendo à Lei eterna que foi revelada inúmeras vezes conforme na Bíblia. Desobedece a Deus que é a fonte do amor e da felicidade. Se fechando ao olhar de Deus renunciamos a sua salvação e sua ajuda na hora mais necessária.

No caso do aborto a pessoa está matando uma vida, independente do conceito religioso dela, sempre há remorso quando se prejudica alguém, isso é natural que Deus colocou no homem. Ao surgir a tentação de matar o feto a pessoa tenta colocar algum valor superior a vida para ter coragem: Quer continuar a ter a vida de fácil de diversão, evitar os pais ou namorado incomodando; para que assim não sinta culpa, mas apenas acoberta temporariamente, porque a culpa fica na alma, na mente da pessoa.

É falta contra os Dez mandamentos pecado grave:

1º mandamento: "Amar a Deus sobre todas as coisas"

"Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem de escultura, nem figura alguma do que está em cima, nos céus, ou embaixo, sobre a terra, ou nas águas, debaixo da terra. Não adorarás tais coisas, nem lhes prestarás culto. Eu sou o Senhor, teu Deus, forte e zeloso que vinga a iniquidade dos pais nos filhos, nos netos e nos bisnetos daqueles que me odeiam, e que usa de misericórdia até a milésima geração com aqueles que me amam e guardam os meus mandamentos." (Ex XX, 3-6)

2º mandamento: "Não tomar Seu Santo Nome em vão"

"Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não deixa impune aquele que pronuncia o seu nome em favor do erro." (Ex XX, 7)

3º mandamento: "Guardar os domingos e festas"

"Lembra-te de santificar o dia de sábado. Trabalharás durante seis dias, e farás neles todas as tuas obras. Mas no sétimo dia, que é o sábado do Senhor, teu Deus, não farás trabalho algum, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem teu servo, nem tua serva, nem teu animal, nem o peregrino que está dentro das tuas portas. Porque em seis dias o Senhor fez o céu, a terra, o mar e tudo o que contêm, e repousou no sétimo dia; e por isso. o Senhor abençoou o dia de sábado e o santificou." (Ex XX, 8-11)

4º mandamento: "Honrar pai e mãe"

"Honra teu pai e tua mãe, a fim de que tenhas uma vida dilatada sobre a terra que o Senhor teu Deus te dará." (Ex XX, 12)

5º mandamento: "Não matar"

"Não matarás." (Ex XX, 13)

6º mandamento: "Não pecar contra a castidade"

"Não cometerás adultério." (Ex XX, 14)
A castidade significa a integração correta da sexualidade na pessoa e, com isso, a unidade interior do homem em seu ser corporal e espiritual.

7º mandamento: "Não furtar"

"Não furtarás." (Ex XX, 15)

8º mandamento: "Não levantar falso testemunho"

"Não dirás falso testemunho contra teu próximo." (Ex XX, 16)

9º mandamento: "Não desejar a mulher do próximo"

10º mandamento: "Não cobiçar as coisas alheias"

Envie por email, adicione aos favoitos e compartilhe com outras redes sociais, com esse serviço seguro e conhecido:
  Sobre o site | Mapa do site | Ajude o site | Contato | 2011 - Site Católico e Apostólico Romano. Criado em 2005